Eficiência técnica nas escolas públicas foi tema de debate

DF está em segundo lugar no ranking de eficiência para o 5º ano e em sexto para o 9º ano Mais um estudo foi divulgado pela Codeplan, em 12 de maio de 2016, com o objetivo de estimar, a partir dos dados da Prova Brasil e Censo escolar 2013, a eficiência técnica das escolas públicas brasileiras, para o 5º e 9º ano do ensino fundamental, e fazer um paralelo com a situação no Distrito Federal, sua Região Integrada de Desenvolvimento Econômico (RIDE) e suas Regiões Administrativas, segundo o autor do estudo, Thiago Mendes Rosa, da Diretoria de Estudos e Políticas Sociais, da Codeplan.O presidente da Codeplan, Lúcio Rennó, disse da satisfação em compartilhar a mesa com representantes da Secretaria de Educação para fazer a divulgação do estudo “Trata-se de mais um estudo que pretende contribuir para as políticas públicas”. Ele disse que, com o acordo de cooperação técnica a ser feito, em breve, com a Procuradoria, a fim de aprimorar a análise das atividades, o LAG – Laboratório de Avaliação do Gasto Público, passará a ter outro nome. “É um espaço público de debates e uma rede de pesquisadores voltada para a análise de questões fiscais, tributárias, de políticas e serviços públicos e seus impactos na qualidade de vida da população”. Segundo Rosa, as principais motivações para que o estudo fosse realizado foram os fatos da educação configurar uma ação fundamental para o desenvolvimento social e econômico, e os recursos públicos nem sempre serem aplicados da maneira mais eficiente possível. O estudo apontou que o DF está em segundo lugar no ranking de eficiência para o 5º ano e...